Câmara de Guimarães assinou este sábado contratos para apoio a clubes e associações desportivas

Contratos-programa de desenvolvimento desportivo assinados este sábado

Foram assinados esta manhã, na sala de reuniões do Multiusos de Guimarães, os contratos-programa de desenvolvimento desportivo com os clubes e associações do concelho de Guimarães. 954 mil euros, foi o montante total distribuído pelo município para a época desportiva 2016-2017.

Após a aprovação em reunião de Câmara do passado dia 19 de janeiro, foram esta manhã assinados, com os clubes e associações desportivas do concelho, os contratos-programa de apoio ao desenvolvimento desportivo.

Quase um milhão de euros de apoios à formação desportiva de jovens atletas e à requalificação e construção de infraestruturas de apoio aos clubes.

O Clube Caçadores das Taipas vai receber um apoio de 35 mil euros para a requalificação e arrelvamento sintético do seu campo pelado, destinada ao futebol de sete. Ainda no âmbito das infraestruturas, o CSCDR de Vila Nova de Sande vai receber 20 mil euros para obras nos seus balneários e o CART, 12.500 euros, para obras no seu pavilhão.

No capítulo da formação desportiva, o CART terá um apoio de 15 mil euros, o CC Taipas, de 10 mil, o mesmo que receberá “Os Sandinenses”. Para o Clube Desportivo de Ponte, seguem 5 mil euros e para o Ases de Santa Eufémia, 2.500 euros. O Núcleo de Atletismo das Taipas receberá este ano 1250 euros e o Clube Rope Skipping das Taipas terá direito a 1000 euros. Para o Clube de Ténis de Mesa das Taipas foi atribuído um apoio de 1.500 euros.

Para Amadeu Portilha, vereador da divisão do Desporto da Câmara Municipal de Guimarães, os quase 90 Clubes/Associações inscritos no Registo Municipal das Associações Desportivas, é um sinal “muito expressivo” da vitalidade dos clubes desportivos em Guimarães. Num balanço de final de mandato, Amadeu Portilha deu a conhecer que entre 2009 e 2017, a autarquia vimaranense colocou muito perto de 30 milhões de euros, “direta ou indiretamente no sistema desportivo de Guimarães” sendo que, só neste últimos quatro anos, esse montante já chega quase aos vinte milhões de euros, em oposição aos 10 milhões disponibilizados entre 2009 e 2013.

O Presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, reforçou as palavras de Amadeu Portilha, dando especial enfoque para aquelas que são as suas maiores preocupações com o desporto concelhio. Para o presidente da edilidade vimaranense, não chega formar. “É preciso formar com qualidade e com condições adequadas”, disse. Nesse sentido, garantiu que continuará a apoiar os clubes, nomeadamente na melhoria das suas infraestruturas.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register